Notícias

Entrevista: Quem é Ventura Profana?

Neste final de semana aconteceu o AfroBaphoLAB, um evento do coletivo AfroBapho e através deles conseguimos uma entrevista massa com a Ventura Profana, se passou pela sua cabeça a pergunta “mas quem é ela?”, se liga aqui para conhecer melhor.

Filha das entranhas misteriosas da mãe Bahia, onde artérias de águas vivas sustentam em fé, abunda. Ventura Profana profetiza multiplicação e abundante vida negra, indígena e travesti. Rompe a bruma: erótica, atômica, tomando vermelho como religião. Doutrinada em templos batistas, é pastora missionária, cantora evangelista, escritora, compositora e artista visual, cuja prática está enraizada na pesquisa das implicações e metodologias do deuteronomismo no Brasil e no exterior, através da difusão das igrejas neopentecostais. O óleo de margaridas, jibóias e reginas desce possante pelas veredas até inunda-la em desejo: unção. Louva, como o cravar de um punhal lambido de cerol e ferrugem em corações fariseus.

Amores Sonoros: Existe algum significado por trás do nome Ventura Profana?

Ventura Profana: Ventura Profana é um dos muitos nomes que possuo e pelos quais já fui chamada. Sou espinheira que queima, mas jamais é consumida. O orvalho sobre as palmeiras na alvorada, a ventania das noites tempestuosas, viva nos tempos de todas as marés. A profanação inevitável numa nação amaldiçoada.

Foto: reprodução

Amores Sonoros: Quando a arte surgiu na sua vida e quando você percebeu que poderia criar esse link entre a sua arte e a igreja?

Ventura Profana: Há cerca de dez anos estudo e trabalho com arte. O sistema artístico é extremamente inacessível e violento com pessoas negras, originárias e travestis. Acostumado à uma dinâmica expropriadora e fetichista, somos recebidas nesse ringue com uma carga excessiva de estigmas e limitações financeiras. Saber e me deparar com isso não me desanima apesar de fadigar. Minha missão e compromisso são maiores e mais poderosos que o ímpeto dos que desejam nossa morte e desaparecimento. Sempre houve inúmeras conexões entre arte e a igreja em minha vida, sobretudo por ter sido criada no evangelho e ter vivido ainda nos templos batista minha iniciação na música, no teatro e na criação e composição de imagens e melodias.

Confira o show da Ventura Profana no AFROBAPHOLAB: Bahia is Burning #NaturaMusical #NosEncontramosNaMúsica.

Sobre Ana GB

Ana GB é relações-públicas e produtora “universal” porque ela mete a mão na massa em qualquer projeto, trabalha no mercado cultural de Salvador desde 2016, é cofundadora do @amoressonoros, portal brasileiro focado na música preta e independente, estrategista digital na Bem Sonora, agência especialista em comunicação digital para artistas e projetos culturais. Artist Manager e Assessora de Yan Cloud e Rachel Reis.

0 comentário em “Entrevista: Quem é Ventura Profana?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: